sábado, 30 de dezembro de 2017

A TERCEIRA CHANCE


     Deus criou o ser humano em Adão, o primeiro homem e para ele fez uma ajudadora, ossos dos seus ossos, carne da sua carne, mas o homem caiu ludibriado pelo diabo convencendo-o que seria igual a Deus e dali por diante conheceu a queda pela desobediência, o pecado e a morte. 
     Nas gerações seguintes, o estado do homem foi piorando e piorando até que Deus se arrependeu de tê-lo criado e extinguiu tudo o que havia na face da terra, devido ao homem ter se corrompido.
     Deus, desejando dar uma segunda chance para a sua criação, escolheu Noé e sua família para repovoar a terra e com ele, casais de animais de todas as raças e espécies, assim Deus ofereceu uma segunda chance e disse em Gênesis 8: 21 e 22 “O Senhor sentiu o aroma agradável e disse a si mesmo: "Nunca mais amaldiçoarei a terra por causa do homem, pois o seu coração é inteiramente inclinado para o mal desde a infância. E nunca mais destruirei todos os seres vivos como fiz desta vez. "Enquanto durar a terra, plantio e colheita, frio e calor, verão e inverno, dia e noite jamais cessarão".
     Com isso Deus já sabia que o ser humano continuaria a errar, cair e tentar levantar, “pois o seu coração é inteiramente inclinado para o mal” e o homem, pecou, caiu e se ergueu e novamente caiu e viveu longe do Pai, separado de Deus, até que chegou o tempo de Deus enviar o Messias, filho de Deus, o próprio Deus aquele que seria e é a nossa terceira chance e única chance.
Continue lendo...

     Jesus Cristo veio, sentiu as nossas dores, conheceu de perto a nossa maldade, falta de fé e afastamento de Deus, Ele nos ensinou, provou que é possível ser melhor do que achamos que somos, ficou no nosso lugar de condenação e maldição, o justo foi morto como se fosse um maldito, mas sendo Ele Deus, a morte venceu, ressuscitou! E a terceira chance se concretizou, agora o temos como a ÚNICA chance que nos leva a Deus, certa vez disse Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”. (João 14:6), só por meio Dele temos verdadeiro acesso ao Pai, recebemos a promessa de termos uma nova morada e um corpo incorruptível. O homem continua tendo o seu coração inclinado para o mal, mas agora ele tem a escolha da sua vida, o elo que lhe faltava para caminhar com Deus, Jesus Cristo, o filho de Deus.
     Por quê continuar pecando e caindo e tentando se levantar quando você pode permanecer de pé? A escolha é sua e individual, cada um toma a sua decisão, morte ou vida, céu ou inferno, abandonar ou permanecer no erro e ainda que volte a cair, terá sempre a mão de Cristo estendida para o segurar, perdoar e ao seu lado caminhar.
“Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus”. Romanos 3:23,24
     Que diante da terceira, a última e única chance, você possa fazer a escolha certa!

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

A IGREJA POBRE E A IGREJA RICA

A igreja rica tinha muitos membros estudados, bem formados e com ótimos empregos, porém eles não eram fiéis no dízimo, sequer nas ofertas, com isto a igreja rica passava por constantes apertos financeiros e sua contabilidade não saía do vermelho. Enquanto isso, a igreja pobre, tinha membros de pouca formação, era tudo gente simples, porém muito fiel. Sabiam o que significava a palavra FALTAR e não queriam que faltasse nada para a sua igreja, logo a igreja pobre desconhecia o que era entrar no vermelho, pois seus membros eram fiéis no pouco e se tivessem muito, neste também seriam fiéis, pois já haviam aprendido o verdadeiro significado do que é ser fiel. Antes de tudo, de qualquer cifra, seja ela volumosa ou não, fidelidade é tudo para Deus.

Qual tem sido a sua igreja, a pobre ou a rica?

E você, qual membro tem sido, o fiel ou o infiel?

“Quem é fiel no pouco, também é fiel no muito; quem é injusto no pouco, também é injusto no muito. Se, pois, nas riquezas injustas não fostes fiéis, quem vos confiará as verdadeiras?”
Lucas 16.10,11

No seu coração, responda:  Qual é de verdade a igreja pobre e qual é a igreja rica?

De qual igreja você gostaria fazer parte, da pobre ou da rica? Não se esqueça que, pertencendo à igreja rica você terá tudo, mas não terá nada, mas pertencendo à pobre, você não terá nada, mas terá tudo!

Toda igreja tem um pouco da igreja rica e um pouco da igreja pobre, um tanto de membros fiéis e outro tanto de membros infiéis, o ideal é que todos sejam fiéis, pois têm um compromisso direto com Deus e d'Ele serão cobrados.

Lembrem-se: aquele que semeia pouco também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura também colherá fartamente. Cada um dê conforme determinou em seu coração, não com pesar ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria. 2 Coríntios 9.6,7

Deem e será dado a vocês: uma boa medida, calcada, sacudida e transbordante será dada a vocês. Pois a medida que usarem também será usada para medir vocês". Lucas 6.38

Inspiradas.com

Sugestão de Cursos teológicos
unidabiblia.blogspot.com


domingo, 3 de dezembro de 2017

JESUS, A SALVAÇÃO E O LADRÃO

Não faz muito tempo, eu estava fazendo algumas edições de um ensaio fotográfico quando me senti meio indisposto e resolvi parar um pouco para tirar um cochilo, encostei em um sofá e adormeci, acordei com um grito assustador, ainda sem compreender o que acontecia desci do meu escritório e fui para a minha casa, chegando lá outro grito assustador surgiu e finalmente minha desatenção foi convertida em compreensão, tive duas oportunidades para entender que um rapaz imenso com uma voz superpotente estava à porta da minha casa na tentativa e entregar uma bicicleta, presente que eu e minha esposa compramos para ela.
Na vida espiritual é mais ou menos assim que as coisas acontecem, Jesus veio a este mundo mal a fim de nos dar uma chance de nos unirmos novamente a Deus, Ele não foi compreendido, foi maltratado e morto porque trazia novas de salvação. Há uns setecentos anos antes da vinda de Cristo, Isaías narrou com precisão o seu nascimento, bem como a sua morte, nesta última ele disse em Isaías 53.4-9
“Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido. Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniquidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados. Todos nós, tal qual ovelhas, nos desviamos, cada um de nós se voltou para o seu próprio caminho; e o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de todos nós. Ele foi oprimido e afligido, contudo não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado para o matadouro, e como uma ovelha que diante de seus tosquiadores fica calada, ele não abriu a sua boca. Com julgamento opressivo ele foi levado. E quem pode falar dos seus descendentes? Pois ele foi eliminado da terra dos viventes; por causa da transgressão do meu povo ele foi golpeado. Foi-lhe dado um túmulo com os ímpios, e com os ricos em sua morte, embora não tivesse cometido qualquer violência nem houvesse qualquer mentira em sua boca”.  – (Bíblia JFA-NVI).
Pela misericórdia de Deus, e por Jesus ser o próprio Deus, Ele venceu a morte, ressuscitou e agora por meio d’Ele temos uma nova chance com Deus, ainda assim muitos de nós vivem cochilando, esquecendo que Cristo está sempre batendo à porta e nos dizendo: “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo”. - Apocalipse 3:20. Por meio de muitas vozes Cristo está batendo à nossa porta e anunciando a salvação que só n’Ele podemos obter, alguns acordam e ainda sonolentos voltam ao seu cochilo, outros porém, sequer dão ouvidos aos muitos gritos daqueles que querem entregar o maior presente de Deus para nós, por fim, poucos estão acordado e finalmente entendendo que um presente chegou à sua casa, para aqueles que permaneceram dormindo, gostaria de lembrar que em um dos seus preciosos ensinamentos (Mateus 24:36-44), Jesus advertiu, em especial para os desatentos, que em sua volta ele viria como o ladrão que ninguém imagina quando ou como chega, pois vem e à muitos surpreende. Quando Ele voltar não haverá novas oportunidades, os gritos anunciando a salvação cessarão e o juízo terá início, não seria a hora de você acordar? O que você prefere: Ter Jesus como o seu advogado, intercedendo ao Pai para alcançar perdão pelos seus erros, seus pecados, ou vê-lo diante de ti como o juiz que tratará de toda a sua condenação?
 No início contei a minha simples história que com dois gritos acordei para receber um presente infinitamente mais simples do que a salvação, no passado também precisei acordar de um sono que por 13 anos não deixava eu ver Jesus, mas ainda assim acordei, hoje creio que é o dia de despertar para muitos e espero sinceramente que você também fique esperto e veja Jesus agindo na sua vida e derramando bênçãos incontáveis, além de conceder-lhe a vida eterna, no entanto, somente você pode fazer a melhor escolha, e o que decidirá? Espero um dia aqui ou até mesmo no céu poder lhe encontrar, a fim de saber que a melhor escolha também foi feita por você!
Por Joelson Cardozo

Inspiradas.com 

Alguns cursos sugeridos:
Memorização da Bíblia





Curso de Teologia
Universidade da Bíblia