sexta-feira, 23 de junho de 2017

ESCOLHAS

Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios. Sl. 90.12

Escolhas certas e erradas, também há as equivocadas, mas estas são muito raras, é mais digno admitir que se fez uma escolha errada do que tentar se convencer que foi algo equivocado.

Acredito firmemente, isto não é uma certeza, é uma convicção, que no decorrer da nossa vida nós fazemos mais escolhas erradas do que certas, talvez isto, seja até um fato irrefutável, mas quem sou eu para afirmar? Acredito também que todos poderão concordar comigo, mas sempre há quem prefira discordar, ainda que concorde...
Na vida profissional eu fiz as piores escolhas, pois escolhi ser “escravo” de garotinho, Benedita, Rosinha, Cabral, Pezão e tenho sido assaltado, escorraçado, humilhado e outras coisas mais, minha autoestima já pôde conhecer o fundo dos abismos mais profundos.
Nos estudos escolhi estudar mais tarde, quando deveria nunca ter deixado de estudar, até que me graduei em administração e quando penso em uma pós ou em uma nova graduação e não vislumbro sinais de esperança, me pergunto: Para quê eu deveria me graduar mais neste Brasil nada viril, neste estado que só promete CAOS? Com isto sigo estudando o que me tem dado, pelo menos algum retorno, ou um paliativo contra a minha baixa autoestima. Ver álbuns de fotografia prontos e a reação dos nossos clientes, agora novos amigos, aquece o coração e percebo que ainda vale a pena...
Na minha vida escolhi trilhar sem Deus até os 26 anos e depois de ter voltado para o Pai, mesmo Ele sinalizando naquilo que é certo, prudente, melhor, mais apropriado, ideal, ainda assim, com tanta “cola” que me dá, consigo na excelência das minhas imperfeições e más escolhas, tropeçar aqui e ali, logo tenho conseguido não deixar de errar...
Na vida amorosa escolhi errado sabendo que errado era, na juventude escolhia por uma, outra e mais outra, porém, nunca a certa. Até que Deus, na sua infinita sabedoria me deu aquela que tem sido tudo o que eu precisava ter. Tenho dito que foi, de tudo o que eu escolhi, a escolha mais acertada da minha vida e também reconheço que Deus teve maior participação do que eu, com isso os créditos atribuo mais a Ele do que à mim.
Ainda tenho muitas escolhas a fazer, certamente que eu voltarei a errar ou escolher mal, mas não deixarei de tentar.
Escolhas.... Decisões, muitos tomam a suas de cabeça quente, sob pressão, em momentos de crise, sem pensar claramente e ao agir precipitadamente pronto, acaba de sair fresquinha uma má escolha ou péssima decisão.
E você, em que âmbito está nas suas escolhas?
Escolhe bem ou bem mal?
Eu recomendo que, antes de tudo, você escolha por Deus, depois disso, tudo será mais fácil, você passará por crises, dificuldades, problemas... Isso é inevitável, mas com a escolha certa, Deus faz tudo parecer mais suave. você NÃO vai viver na crise e sim passará por ela, é diferente, até que venha a superação e surja a alegria de novos dias.
- Você na crise - significa acompanhá-la por onde ela estiver.
- Você passando pela crise – significa estar em movimento, não parar nem desistir, alcançar uma vitória de cada vez, até que a tempestade pareça uma gostosa brisa, uma história para ser contada de alguém que fez finalmente a escolha certa.
Pare, pense e faça a escolha certa, como já disse antes,agora reitero, escolha por Deus e seja muito feliz.
Um forte abraço,
Joelson Cardozo

Versículos para refletir:
Se, porém, não agrada a vocês servir ao Senhor, escolham hoje a quem irão servir, se aos deuses que os seus antepassados serviram além do Eufrates, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra vocês estão vivendo. Mas eu e a minha família serviremos ao Senhor". Josué 24.15

Mesmo não florescendo a figueira, não havendo uvas nas videiras; mesmo falhando a safra de azeitonas, não havendo produção de alimento nas lavouras, nem ovelhas no curral nem bois nos estábulos, ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação. – Habacuque: 3. 17 e 18.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário