terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Aonde estão as nossas crianças?

   
O pouco que lembro da minha infância, me traz a impressão de que os dias não eram tão maus como os atuais...
O ano que nasci se tornou inesquecível para muitos, inclusive para a história, foi em 1968, o ano da Revolução, mas não me peça para lembrar desse tempo, seria impossível, o pouco que lembro está a partir dos meus 5 e 6 anos de idade, mas apesar de ter nascido numa favela, hoje tratada como Comunidade e desrespeitada como uma favela... Esse desrespeito vem das autoridades, traficantes e até mesmo de algumas pessoas que não se dão o respeito que deveriam.

Por hoje não é disso que eu quero falar. Com os meus olhos de criança, via um mundo normal (até onde os meus horizontes permitiam alcançar), vivia como criança e como tal era respeitado. Quatro décadas depois, (isso não é muito considerando que o nosso calendário tem mais de duzentas décadas), temos visto crianças sendo molestadas, abusadas, espancadas, induzidas ao uso de drogas, iniciadas na prostituição, levadas ao trabalho escravo e iniciadas ao trabalho com tráfico de drogas. Há também aquelas crianças que substituem o papel dos pais, ou seja, cuidam dos seus irmãos mais novos por seus pais estarem à mercê das drogas quando deveriam estar apenas brincando e estudando. 

A criança tem um papel fundamental para o adulto, primeiro: Ela é o adulto do futuro, segundo: ela é o país do futuro, terceiro e mais importante: Ela é o parâmetro para o futuro do adulto. Para termos adultos saudáveis precisaremos ter primeiro crianças saudáveis, igualmente para termos um país próspero, precisaremos dispor de bons profissionais no presente e também no futuro, tudo isso vai de encontro ao estado da criança enquanto ela é criança. Agora o mais importante de tudo e é algo que começa a faltar será uma criança que seja um parâmetro para o futuro do adulto. Certa vez Jesus disse que nós, adultos, precisamos ter um coração igual ao da criança para podermos entrar no Reino dos Céus. Como isso será possível se tivermos apenas crianças molestadas, estupradas, viciadas, maltratadas, abusadas, espancadas, abandonadas...? Quando Jesus disse: Deixai vir a mim as criancinhas porque delas é o Reino dos Céus, ele não queria que antecipássemos a ida delas com espancamentos, maltratos e assassinatos. 


 Quando políticos corruptos e até os não corruptos permitem que aconteça essa violência com as crianças, eles estão tendo uma participação ativa sobre cada ato de violência praticado com a criança. Tem culpa sim e devem ser cobrados por isso. Ezequiel 3.18 diz: "Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; se não o avisares, nem falares para avisar o ímpio acerca do seu mau caminho, a fim de salvares a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua iniquidade; mas o seu sangue, da tua mão o requererei". Adaptando para o nosso contexto, quando nós falamos para o político que mais crianças continuarão sendo maltratadas e mortas, se não tomarem nenhuma providência acerca desta situação e não punirem os criminosos, sejam eles pais, responsáveis, aliciadores ou traficantes para que sejam salvas as vidas dessas crianças, se essas crianças forem mortas ou sofrerem com essa violência, o sangue deverá ser cobrado das mãos desses políticos.



    Tenho cobrado neste texto mais dos políticos porque é interesse deles que os que estão leigos, continuem leigos, os que estão mal, fiquem pior, os ignorantes não adquiram conhecimento, para que continuem achando que estão levantando homens de bem quando são na verdade meros covardes, raposas, que se interessam apenas com o seu bem estar.

    O Papel do político na sociedade deveria ser como o Pastor de ovelhas que protege o seu rebanho, no entanto ele tem se unido aos agressores desse rebanho para levar a melhor, podemos chamá-los de abutres, carcarás, urubus ou poupar esses animais e conhecê-los como os agressores e criminosos que são por não fazerem a sua parte, por não tentar sequer fazer, por escolherem ficar como meros espectadores, invés de lançar mão do poder que dispõem. 

    O maior covarde não é o que foge, é o que fica para assistir a chacina acontecer, esse além de covarde porque tem recursos para fazer algo, tem participação ativa no crime que assiste de camarote.
Até quando?
Até quando?
Até quando?
Aonde estão as nossas crianças?

Curso sugerido













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário