terça-feira, 28 de junho de 2011

CRIAÇÃO

“Do Senhor é a terra e a sua plenitude; o mundo e aqueles que nele habitam”. (Salmo 24.1)

"No princípio criou Deus
os céus e a terra."
Em Gênesis 1, lemos que a terra era um completo vazio, desse vazio, Deus com o Seu Poder criou tudo o que existe, todas as maravilhas que conhecemos (a beleza do céu, o verde da natureza, os animais que dão vida a todo esse cenário e nós, seres humanos, a principal criação de Deus. Por confiar em nós, Deus nos deu certas atribuições como o domínio sobre todos os seres viventes e a responsabilidade de dar nome aos seres viventes, mas a principal tarefa foi a de cuidar de tudo o que existe na terra e ao invés de fazermos conforme o Criador nos confiou, pegamos as matas e floresta e as desmatamos, caçamos animais e os matamos, levando muitos à extinção, somente para satisfazer os nossos prazeres, sendo para usar como troféus nos nossos lares ou como luxuosas roupas a fim de ostentar a nossa imensa riqueza... NOSSA? Parece que nos esquecemos que Deus nos deu a terra e tudo o que nela há para que vivêssemos com qualidade, usufruindo do bom e do melhor, usufruindo e não, DESTRUINDO! Nos esquecemos que NADA é nosso – “Do Senhor é a terra e a sua plenitude”. Temos cuidado mal das coisas de Deus, em especial, da nossa própria vida que também é Dele, ao confiarmos em Deus para que dirija a nossa vida, Ele nos conduz ao melhor caminho que é Jesus, Nele temos vida em abundância, o curioso é que, mesmo tendo destruído tudo o que é Dele, Ele procura recuperar ao menos a sua melhor criação e em breve, estaremos juntos na Nova Terra, que Deus mais uma vez preparou para nós. Viveremos na eternidade com o Nosso PAI e criador e teremos uma vida de paz e perfeição.

Como conseguir tudo isto?

Reconhecendo que sem Deus, nós somos Nada;

Com Ele, nós temos tudo!

“Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas”. (Efésios 2.10)

“Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará.” (Salmo 37.5)

“Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém”. (Romanos 11.36)

Escrito por:

domingo, 26 de junho de 2011

Deixe que Eclesiastes 3 se cumpra na sua vida

“Tudo neste mundo tem o seu tempo; cada coisa tem a sua ocasião”. (Ec 3.1 NTLH)

  Para aqueles que preferem a versão tradicional: (Revista e Corrigida). Segue:

“Tudo  tem  o  seu  tempo determinado,
e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.”

Se lermos Eclesiastes 3 do versículo 1 ao 8 ou sua totalidade, compreenderemos que apesar de serem necessárias as nossas atitudes para que a nossa vida tenha conteúdo, elas ocorrerão no tempo certo, no entanto, não é bem isto que temos presenciado na nossa vida. O fato é que temos tomado iniciativas para que os nossos planos se cumpram no nosso tempo, deixando de dar importância ao tempo e à vontade de Deus. Inclusive, temos tentado dar uma “mãozinha” para o Nosso Pai Celestial, mostrando-Lhe como, quando e onde realizaremos isto ou aquilo, esquecendo que a vontade PERFEITA, é a Dele e não a nossa (leia Romanos 12.2b). Quem dera sempre buscássemos a Deus para saber se a vontade Dele vai de encontro com aquilo que planejamos fazer. Tive algumas oportunidades de presenciar amigos meus tristes por não terem conseguido fazer algo que tanto queriam, procurei consolá-los dizendo “Eclesiastes 3 se cumpriu na sua vida”, quando a Palavra de Deus se cumpre em nós, isto é uma bênção de Deus! Se sua viagem, casamento, investimento, etc. precisou de um adiamento, louve a Deus por isso, aproveite para entregar esses importantes planejamentos nas mãos do Arquiteto, Engenheiro e Administrador dos céus e da terra. Peça a Ele orientações, pois assim como as árvores frutíferas, você conseguirá os melhores frutos quando permitir que seus Planos aconteçam no tempo certo e este tempo, pertence a Deus!
Nossas precipitações tornam-se compreensíveis, quando refletimos que vivemos num mundo onde tudo é para ontem, pressa é a palavra chave da nossa vida, perder tempo é perder vida, profissionais recebem montantes de atividades para que sejam cumpridas dentro de um espaço mínimo de tempo, como se o mundo fosse acabar em poucos dias.

Vivendo assim, perdemos o controle da vida e não a saboreamos como deveríamos, precisamos buscar a liberdade para toda esta loucura e dedicar o nosso tempo à Deus para que saibamos o que Ele nos tem reservado, com isto o como, quando e o onde do Pai ocorrerá da forma mais natural que se possa imaginar e de nada sentiremos falta.

Viva o tempo de Deus e seja abençoado;

Ao planejar algo, procure saber a vontade de Deus que é boa agradável e perfeita (Rm 12.2b)

Desta forma realizará aquilo que for melhor pra você e Eclesiastes 3 se cumprirá na sua vida.

“Então entendi que nesta vida tudo o que a pessoa pode fazer é procurar ser feliz e viver o melhor que puder. Todos nós devemos comer e beber e aproveitar bem aquilo que ganhamos com o nosso trabalho. Isso é um presente de Deus”. (Eclesiastes 3.12,13- NTLH).

“know that there is no good in them, but for a man to rejoice, and to do good in his life.
 And also that every man should eat and drink, and enjoy the good of all his labour, it is the gift of God”. (Ec 3.12,13 Kjv).

Escrito por

terça-feira, 21 de junho de 2011

Contratos

Contratos

“E o mundo passa, com tudo aquilo que as pessoas cobiçam; porém aquele que faz a vontade de Deus vive para sempre”. (1João 2.17)

Não há nada melhor e mais prazeroso do que fazer a vontade de Deus. No presente, nosso Pai celestial tem separado as melhores coisas para nós por vivermos na Presença Dele, e no futuro, receberemos de Deus as Maravilhas que nos reservou. Até lá, precisamos ser fiéis até o fim. Há uma música que diz “de tudo o que eu possa querer, existe algo que eu desejo mais... eu quero ser fiel até o fim e honrar a aliança que Tu tens comigo...”. Quem trabalha em setores jurídicos ou que envolvam “alianças” (acordos, contratos), sabe como é importante honrar tais alianças. Deus tem nos honrado e cumprido todos os contratos que estabeleceu conosco, o mais importante foi o cumprimento de enviar o Messias (Jesus) para dar liberdade ao Seu povo, pois éramos eternos escravos do pecado, com a vinda de Jesus Cristo, cada um de nós pode escolher ter paz com Deus e ser fiel até o fim. “O que Deus quer de vocês é isto: que sejam completamente dedicados a Ele e que fiquem livres da imoralidade.” (1 Tessalonicenses 4:3). É verdade que nos dias de hoje, manter fidelidade com alguém e principalmente com Deus, é muito difícil, porém, quando nos mantemos fiéis há uma grande alegria e honra dentro de nós, pelo sentimento do dever cumprido e a satisfação de estar fazendo a coisa certa é algo imensurável, não se comparando aos prazeres do mundo, Deus se alegra por nos mantermos corretos e nos fortalece nos momentos de fraqueza.

Seja fiel,

Fiel até o fim.

“Então, de agora em diante, vivam o resto da sua vida aqui na terra de acordo com a vontade de Deus e não se deixem contaminar pelas paixões humanas” (1 Pedro 4.2).

Disse Jesus:
“Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele”. (João 14.21).

Escrito por:

Vídeo sugerido:

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Façam de tudo para entrar pela porta estreita

“Façam de tudo para entrar pela porta estreita. Pois eu afirmo a vocês 
que muitos vão querer entrar, mas não poderão”. (Lucas 13.24). 

Você quer ir para o céu?

Esta é uma pergunta quase desnecessária, pois, considerando que desde “pequeninos” aprendemos que o céu é um lugar bom e perfeito, onde viveremos eternamente, todos deveriam responder que SIM. No entanto, há quem não creia nele e outros até querem ir para o céu, mas pensam que esta decisão está nas mãos de Deus. Muitas pessoas ao serem perguntadas: Você quer ir para o céu? Apresentam as seguintes respostas: “Se Deus quiser que eu vá...” outros não se sentem dignos de irem para este lugar maravilhoso, pois creem que o mal que praticaram, ou a situação que se encontram  não tem perdão e por isso, o seu destino é o inferno ou “algo semelhante”, eles precisam descobrir que “O Sangue de Jesus nos purifica de todo o pecado”. Quando Jesus morreu por nós naquela cruz, e ressuscitou saindo vitorioso sobre morte, Ele abriu uma nova porta para que nós tivéssemos acesso a Deus “Eu sou o caminho, a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”. (João 14.6). Existem duas portas, a estreita e a larga. A porta larga corresponde às coisas fáceis e erradas que nos são oferecidas, já a porta estreita, é tida por muitos como o caminho difícil: Adorar a Deus, Amar o próximo, fazer o bem, ter boa conduta... (Difícil?). 

Amados: 
Difícil, foi Deus enviar o seu próprio filho para que morresse no nosso lugar;
♦ Difícil, foi o caminho que Jesus seguiu para que nós tivéssemos a vida eterna; 
♦Difícil, deveria ser praticar o mal, pois desde a infância, independente de crenças e credos, somos ensinados quanto a diferença entre o certo e o errado, o bem e o mal. 

- Aparte-se do mal e viva o bem; 

- Deus já escolheu o céu para ser o seu lar, mas a decisão é toda sua! 

- Em qual porta você entrará? 

A minha expectativa é que que seja a da Vida Eterna! 

 “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto. (João 14:6,7) 

“Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado”. (I João 1:7). 


Escrito por: 

Apoie-nos divulgando os nossos artigos publicados no inspiradas.com

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Três jogos, uma vitória, a SUA!

Três jogos, uma vitória, a SUA!


Por não ser um bom entendedor de futebol, me surpreendi com as notícias dos Jornais que falavam sobre o time da vitória, Vasco da Gama, que conquistou ontem a taça da Copa do Brasil ao perder por 3x2 (vitória? Onde?), para compreender precisei relembrar que era uma decisão disputada em dois jogos, assim, o peso (valor) dos gols feitos pelo Vasco no primeiro e no segundo, levaram-no ao título de campeão.
Com base em “disputas por um campeonato” em uma melhor de três jogos da vida, compreendemos que no primeiro jogo sofremos uma grande derrota por desobedecer a Deus no jardim do Éden, causando um afastamento nosso com o Pai “Porque todos pecaram e separados foram da glória de Deus” (Romanos 3.23). Com o passar do tempo ocorreu o segundo jogo, nele estava Aquele que é maior do que todas as coisas, o próprio Jesus. Ele foi perseguido por muitos, maltratado, julgado e sendo inocente foi condenado à morte. Jesus, foi crucificado, morreu no nosso lugar, mas conquistou a vitória ao ressuscitar, vencendo a própria morte. “Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”. (João 16.33) Quando Jesus disse isso, Ele ainda não tinha sido morto na cruz, mas já sabia da Sua vitória e das lutas que passaríamos a partir dali. Com a vitória alcançada, Ele nos trouxe novas expectativas deixando-nos preparados para o jogo da FINAL, agora poderemos ou não alcançar a Taça da Vida tão desejada por cada um de nós. Este jogo é uma final individual, cada um terá a sua oportunidade, podendo conquistar a taça da vida ou a da morte. 
Qual taça você deseja levantar?
“Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia todo; fomos considerados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou. (Romanos 8.36,37)
Jesus deixou o caminho aberto para que alcancemos a vitória nessa partida tão difícil “no mundo tereis tribulações”, mas ao aceitá-lo como Senhor e Salvador, somos justificados de todo o pecado, com Cristo conquistamos a Taça da Vida que é a Vida Eterna!
Você se lembra que ao perdermos no primeiro jogo fomos separados de Deus?

Na grande final, por nos rendermos a Jesus (Grande vencedor do segundo jogo), conquistaremos o seguinte resultado:


“Mas agora, libertos do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna. Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor. (Romanos 6:22,23)



A minha oração é que em breve, possamos estar juntos no grande estádio da vida eterna, para diante de Deus, adorando-o e Glorificando-o, erguermos  a taça da nossa vitória.

“Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida”. (Ap. 2.10b)

Escrito por:

Apoie este blog tornando-se um seguidor dele e divulgando aos seus amigos.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Próximos ou distantes?

“Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, 
preferindo-vos em honra uns aos outros”. (Romanos 12.10

Quantas vezes ouvimos dos nossos amigos “hoje você está tão distante!”, tentando nos justificar explicamos que devido a uma ou outra preocupação, ficamos num estado de distração. O tempo passou e esse “estado” que reflete a distância se tornou mais constante, não devido a problemas e preocupações que jamais nos deixarão, mas por utilizarmos veículos tecnológicos como ferramentas de aproximação de amigos. Certa vez eu li um texto que em outras palavras dizia: “A tecnologia aproxima os amigos distantes e afasta os amigos mais próximos”. Você já deu um abraço no seu amigo hoje, ou terá passado por um site de relacionamentos para deixar um abraço virtual naquela página? Minha preocupação não é com os veículos tecnológicos e sim com o ser humano que tem adotado métodos de substituição, se um amigo faz aniversário, deixo-lhe um recado e sequer telefono ou compareço à sua casa. O bolo também é virtual, que sabor terá? Temos nos afastado dos amigos mais próximos e com isso, também nos afastamos do maior de todos os amigos: JESUS. Não comparecemos a Sua casa para Adorá-lo, nossas orações mais lindas e longas que temos com Deus, ocorrem quando recebemos um e-mail “ore comigo” (que também é válida), mas não substitui uma conversa direta que você pode ter com o Pai quando e onde você desejar. “A oração de um justo, pode muito em seus efeitos” (Tiago 5.16b). 


Amados: Não se afastem da presença do Senhor, freqüentem a casa de Deus e adorem-No, pois Ele é digno de toda Glória, toda Honra e todo o Louvor. 

“O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?”. (Salmo 27.1

Sendo Deus tudo isso e muito mais, viva na presença Dele! 


“Honra a teu pai e a tua mãe; e amarás o teu próximo como a ti mesmo”. (Mateus 19.19) 

Nunca se afaste dos seus pais e amigos; 
Já deu um abraço neles hoje? 

Postagens relacionadas: 


Escrito por: 


terça-feira, 7 de junho de 2011

Torres Gêmeas

Título Inicial: Semelhantes sim, por que não?

Um dia desses, eu estava caminhando pela cidade e pude ver alguns edifícios que foram construídos para que fossem idênticos, podendo ser chamados de “torres gêmeas”, ao observar tamanha semelhança, relembrei que nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus “E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança” (Gênesis 1.26). Isto não importa que a nossa imagem física seja igual à Dele, mas o nosso caráter, idoneidade, atitudes e o nosso proceder, sejam iguais aos de Deus, como Ele é amor e também é Santo, precisamos “focar” a nossa vida para este alvo: “Porque eu sou o Senhor vosso Deus; portanto santificai-vos, e sede santos, porque eu sou santo”. (Levítico 11.44). 

Podemos nos basear também nos discípulos de Jesus, que apesar das suas imperfeições, ao andarem com o Mestre, passaram a ter uma boa conduta, agindo e procedendo como Ele. Em 1 Coríntios 11.1 o Apóstolo Paulo afirma “Sede meus imitadores, como também eu o sou de Cristo”. Esta recomendação não é para que sejamos iguais a Paulo e sim iguais a Cristo Jesus. 

Quanto você tem parecido com Jesus Cristo? 
Seu caminhar, proceder, suas atitudes e as palavras que saem da sua boca, tem sido semelhantes ao caminhar, agir e falar do Mestre? 

Salmo 19.14 diz: “Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor, Rocha minha e Redentor meu!”. 


Ao permitirmos que Jesus edifique a nossa vida, aprenderemos a: Tolerar, relevar, ajudar, perdoar, amar, etc. com esses passos, cada vez mais nos tornaremos parecidos com Jesus até que um dia, pela graça e Misericórdia de Deus, estaremos perto de sermos chamados “torres gêmeas”. 

Escrito por: 

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Feridas

"Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniqüidades: o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados”. (Isaías 53: 4,5). 

Recentemente eu gravei uma mensagem em vídeo que também chamei de “feridas” (clique no nome para ver o vídeo), na época estava entre amigos em uma praia, levei um “belo caixote” que deixou um “pedaço” do meu ombro com a cor do sangue, ali mesmo, vendo a oportunidade, gravamos a breve mensagem. Ontem, ao olhar para o meu ombro para ver a cicatriz precisei fazer um esforço, pois aos poucos está sumindo. Voltei ao tempo e pensei nas feridas que Jesus recebeu quando foi castigado pelos soldados romanos, estes, usavam instrumentos que rasgavam a sua pele (IMAGINE A DOR QUE JESUS SENTIU!), depois de ter sido maltratado, ele ainda foi levado a uma cruz de maldição onde foi crucificado, tudo isso, não tendo ele culpa alguma “ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniqüidades”. O castigo que era nosso Ele tomou sobre si. A dor de Jesus foi muito mais intensa e profunda, pois além dos cortes causados pelos instrumentos de tortura e dos cravos que o prenderam na cruz, Jesus sentiu a dor espiritual que era nossa para que nós tivéssemos paz com Deus “o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados”. 

Hoje em dia temos feito pouco caso do sacrifício de Cristo por nós. Cada ato errado que cometemos, é como se fosse um novo cravo que pregamos em Cristo. Precisamos nos arrepender dos maus caminhos que temos seguido e nos voltar de vez para Deus, assim o sacrifício de Jesus terá valido a pena. 

Que tal fazer isso agora? 

Entrega o Seu caminho ao Senhor! 

“Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” (Isaías 55.6) 

Para refletir: 

O pregador: 
Tenho pregado Cristo...

Todas vezes no erro praticado, 
Cristo, tenho pregado. 

Se mal vou desejando, 
Cristo Continuo pregando. 

A inveja sentindo ou ganância ansiando, 
Cristo sigo pregando. 

Tanta tristeza e dor, ao Mestre venho causando; 
Tudo isto, até quando? 

Escrito por: 

Video Sugerido:

Eu e a minha casa Servimos a Deus

“Mas, se vos parece mal o servirdes ao Senhor, escolhei hoje a quem haveis de servir; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do Rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais. Porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor. Então respondeu o povo, e disse: Longe esteja de nós o abandonarmos ao Senhor para servirmos a outros deuses: porque o Senhor é o nosso Deus”. (Josué 24.15-17a). 

Esse foi um momento marcante ocorrido entre Josué e o povo de Israel, ele deixou claro para todos que poderiam escolher a quem seguir, mas ele e sua casa (família) seguiriam a Deus. Nos dias de hoje, todos tem tido oportunidade de escolher a quem ou o que seguir, a grande maioria tem escolhido se enveredar por caminhos que ao homem parecem direitos, mas no final, são o fim deles conduz à morte (provérbios 14.12). A maioria tem se esquecido que o Deus do tempo de Josué é o mesmo de hoje, com o mesmo Poder, Soberania e Glória, acabam, por esse desconhecimento, escolhendo seguir suas vidas sem viver na presença do Senhor “Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai” (João 14.7a). Assim como o povo de Israel teve a liberdade de escolha “escolhei hoje a quem haveis de servir”, nós também a temos para seguir o caminho que desejarmos, porém sabemos o melhor e único caminho a seguir: Jesus Cristo, pois somente por meio dele poderemos chegar ao Reino dos Céus. 

Qual caminho você deseja seguir? 

- Caminhos que parecem direitos, mas nos conduzem à morte? 

- O Caminho, A verdade e a vida (Jesus), que nos conduz à vida eterna? 

“escolhei hoje a quem haveis de servir...” 

“Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”. (João 14.6). 

Escrito por: