Pular para o conteúdo principal

Pedaços do Pai Nosso

Pedaços do Pai Nosso 1

“Não nos deixe cair em tentação, mas livra-nos do mal...” (Mateus 6.13a) 

Hoje, é uma sexta-feira, neste dia em especial, temos dois grupos específicos, um que anseia pelo descanso do final de semana e outro que se programa para realizar atividades que lhes tragam preciosos momentos de alegria e prazer. 

O primeiro grupo se enquadra na segunda parte do versículo de hoje “livra-nos do mal”, pois só deseja descansar, evitando tudo que lhe cause algum mal. O segundo se encaixa na primeira parte do nosso versículo “Não nos deixe cair em tentação”. 

Para estes grupos há um perigo iminente, o que deseja descansar, quer tanto isto que somente busca o repouso do seu corpo, esquecendo que sua família espera por ele para que tenham momentos juntos que são únicos e marcantes na vida de qualquer família. A busca pelo descanso físico pode proporcionar o esquecimento de buscar o descanso espiritual “descansar no Senhor” deixando de dedicar algumas horas na Sua Casa, para Adorá-lo e receber do Pai bênçãos incontáveis. O segundo grupo deseja se divertir o máximo possível, isto é muito bom, pois combate o stress físico e mental adquirido durante a semana, além de renovar os ânimos para uma nova semana que em breve chegará, porém amados, lembrem-se que “A nossa alegria está no Senhor!” não se esqueçam de compartilhar com Ele seus momentos de felicidade. Tudo o que fazemos com Ele é duradouro e o que fazemos com ele, torna-se uma simples lembrança que logo cai no esquecimento. Quando fazemos algo sem Deus, corremos o risco de “cair em tentação”. Fujam do mal, evitem o que entristece o coração de Deus e compartilhem seus momentos com Ele, da mesma forma que compartilhamos com nossos amigos, devemos estar na presença do Amigo Maior.

Para os dois grupos: 

“Deleita-te também no Senhor e faze o bem, e Ele concederá o que deseja o teu coração. 
Entrega o teu caminho ao Senhor, confia Nele e Ele tudo fará” (Salmo 37. 4,5) 

“GUARDA-ME, ó Deus, porque em ti confio. A minha alma disse ao Senhor; não tenho outro bem além de ti” (Salmo 16.1,2) 

“Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo” 1 João 2.1


Pedaços do Pai Nosso 2

“E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores”
(Mt. 6.12)

Muitas vezes oramos o Pai Nosso buscando o perdão de Deus, sem sabermos que para alcançá-lo, é preciso que antes aprendamos a perdoar. No texto de hoje tratamos do perdão concedido e do perdão recebido. Um fato sobre o perdão:
Precisamos primeiro dá-lo para depois recebê-lo “melhor é dar do que receber”, dando amor, recebemos amor, dando perdão, somos perdoados pelo Pai Celestial, com isto, TEMOS PAZ COM DEUS E CONOSCO, porém, só recebemos o perdão quando há arrependimento sincero do mal que praticamos, não voltando mais a fazê-lo.
Muitas pessoas têm dificuldades de perdoar, não sabem, porém, que quem mais sofre com isto são elas mesmas. As mágoas retidas no coração trazem sofrimento constante e ao perdoarmos àqueles que causaram tais mágoas, teremos um alívio incomparável. Existem momentos que podemos chegar ao extremo de pedir perdão, estando nós com toda a razão, mas por quê fazer isto? Minha amada sempre diz: “Eu prefiro ser feliz do que ter razão”.
Seja feliz, pratique o amor e exerça o perdão. Mas por que praticar o amor? Sem amor é impossível perdoar alguém, na verdade, sem amor é impossível viver neste mundo onde reinam as trevas. Sem amor, não teremos fé, e sem fé, é impossível agradar a Deus.

Ame e seja amado;
Perdoe e seja perdoado.

“Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas” (Mateus 6.14,15)

Escrito por:

Comentários

Click 1 Fotografia 3684-6190

Postagens mais visitadas deste blog

Deixe que Eclesiastes 3, se cumpra na sua vida

“Tudo neste mundo tem o seu tempo; cada coisa tem a sua ocasião”. (Ec 3.1 NTLH)
Para aqueles que preferem a versão tradicional: (Revista e Corrigida). Segue:
“Tudotemoseutempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.”


Se lermos Eclesiastes 3 do versículo 1 ao 8 ou sua totalidade, compreenderemos que apesar de ser necessário que tomemos atitudes para que a nossa vida tenha conteúdo, isso acontecerá no tempo certo, no entanto, não é bem o que temos presenciado. O fato é que tomamos iniciativas para que os nossos planos se cumpram no nosso tempo, deixando de dar importância ao tempo e à vontade de Deus. Inclusive, acabamos por tentar dar uma “mãozinha” para o Nosso Pai Celestial, mostrando-Lhe como, quando e onde realizaremos isso ou aquilo, esquecendo que a vontade PERFEITA, é a Dele e não a nossa (leia Romanos 12.2b). Quem dera sempre buscássemos a Deus para saber se a vontade Dele vai de encontro com aquilo que planejamos fazer. Tive algumas oportunidades de presenc…

Dia da Esposa de Pastor

“Uma esposa exemplar; feliz quem a encontrar! É muito mais valiosa que os rubis. Seu marido tem plena confiança nela e nunca lhe falta coisa alguma. Ela só lhe faz o bem, e nunca o mal, todos os dias da sua vida. Pv 31:10-12 (NVI)
O livro de Provérbios dedica com valor uma preciosa parte do capítulo 31 à esposa fiel e exemplar, na versão tradicional é muito conhecido pelo versículo 10 deste capítulo onde diz: “Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis”. Para um Pastor se tornar completo é necessário que encontre O precioso tesouro que lhe foi dado e somente saberá que o encontrou quando for capaz de declarar com amor o versículo 29 de provérbios 31 que diz: "Muitas mulheres são exemplares, mas você a todas supera". Ou dizer com o mesmo ânimo de Adão: “...Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne” - Gn 2.23a. Hoje ao comemorarmos como igreja o Dia da Esposa do Pastor, queremos honrar essa  Mulher  valorosa que foi especialmente escolhida…

O que os olhos viram, os ouvidos ouviram...

“Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam”. (I coríntios 2. 9)
Estou agora ao lado da piscina, deitado no chão vislumbrando as estrelas e no meio disto tudo me sinto do tamanho de um átomo. O versículo acima faz com que nos sintamos incapazes de imaginar as maravilhas que Deus tem reservado para nós. E agora eu pergunto: 


E as coisas que os olhos viram que os ouvidos ouviram e as maravilhas que já tem penetrado os nossos corações?
A beleza do universo, o esplendor das estrelas, as maravilhas do fundo do mar, as muitas formas das nuvens no céu azul, as incontáveis espécies de animais que vivem nas grandes florestas, os desertos com seus mistérios e o microscópico universo dentro de nós mesmos.
Tudo isso de alguma forma temos visto, além de poder ouvir o canto das aves, das baleias, o som da natureza, o singelo som da chuva, do mar, do ar e ao somar tudo isso somos preenchidos p…