sexta-feira, 31 de outubro de 2008

A LUZ E AS TREVAS

A LUZ E AS TREVAS

..."no meio de uma geração pervertida e corrupta... resplandeceis como luzeiros no mundo." (Filipenses 2:15)

Recentemente, li acerca de uma mulher que se sentia muito sozinha dentro do seu local de trabalho porque era a única cristã. Para piorar as coisas, era freqüentemente ridicularizada por causa de sua fé e acusada de ser tacanha.
Finalmente, ficou tão desanimada que pensou em pedir demissão. Mas, antes de fazê-lo, procurou o conselho do seu pastor. Depois de ouvir suas queixas, o pastor perguntou: "Onde as pessoas costumam colocar as lâmpadas?" "Nos lugares escuros", ela respondeu.

Mal disse essas palavras, ela entendeu que a sua resposta se aplicava a sua própria situação. Rapidamente reconheceu que o seu local de trabalho era realmente um "lugar escuro" que precisava desesperadamente de "luz", por isso decidiu permanecer onde estava e se tornar uma influência ainda mais forte por Cristo.

Dentro de pouco tempo, os seus companheiros de trabalho, 13 deles, para dizer a verdade, aceitaram a Cristo como seu Salvador.

Como "luzes no mundo", nós, os crentes em Cristo, temos o privilégio de iluminar os lugares escuros. Embora não sejamos do mundo, estamos no mundo. E, embora não nos entreguemos às suas tentações, e não devamos permitir que as suas pressões nos moldem, devemos exercer a nossa influência sobre ele.

Se, portanto, você encontrar uma atmosfera vulgarmente difícil e ímpia, lembre-se das palavras de Cristo:

"Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus" (Mateus 5:16).

Lembre-se, a luz precisa sempre ficar onde há escuridão.
Autor Desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário